SILICON VALLEY, CALIFÓRNIA

ONDE A ESPIRITUALIDADE INTERSECTA COM O ESPLENDOR HUMANO: A NOVA IGREJA DE SCIENTOLOGY ABRE EM SILICON VALLEY

Famosa pela revolução digital, a capital de alta tecnologia do mundo dá as boas‑vindas à tecnologia religiosa evolucionária de L. Ron Hubbard.

Há locais tão especiais que apenas os seus nomes evocam imagens e palavras poderosas: Gettysburg, Stonehenge, o Pártenon, para nomear apenas alguns. Lugares onde as fábulas de grandes feitos e histórias nasceram e foram registadas.

Aqui está outro local lendário: Silicon Valley, metido entre a Baía de San Francisco e as Montanhas de Santa Cruz. Foi aqui que a Idade Digital criou raízes e floresceu, onde praticamente tudo na civilização da humanidade foi transformado por chips de computadores e pela internet, onde a língua do futuro foi escrita em uns e zeros.

O Sr. David Miscavige, Presidente do Conselho de Religious Technology Center, preside a vibrante cerimónia de inauguração no domingo, 18 de fevereiro, no coração de Silicon Valley.

E num dia brilhante, finais de inverno, no dia 18 de fevereiro de 2018, outro capítulo foi adicionado à lenda de Silicon Valley. Num lugar especial onde o brilho do intelecto foi venerado, 2000 pessoas reuniram‑se para celebrar a outra dimensão definida da humanidade: o espírito.

O evento foi a inauguração da Igreja de Scientology de Silicon Valley. Capturando o estilo e a cultura do mundo digital, a Igreja é uma estrutura moderna e brilhante de um andar, de quase 5000 metros quadrados, localizada a minutos do centro da cidade de Mountain View no coração de Silicon Valley. Nas proximidades estão os amplos campus e complexos de escritórios que alojam Googleplex, Microsoft, Apple, Intel, Tesla, Netflix e eBay.

“É aqui que, na verdade, a revolução da ‘Tecnologia Digital’ se pode transformar numa evolução da ‘Tecnologia Espiritual’ — e tudo em nome do engenho humano, do esplendor humano e da liberdade pessoal”, disse o Sr. David Miscavige, o líder eclesiástico de Scientology, ao inaugurar a 65.ª Igreja do mundo: a Igreja de Silicon Valley. Essas igrejas incorporam as aspirações duplas do Fundador de Scientology L. Ron Hubbard: os locais ideais onde os membros da religião podem progredir ao longo do caminho espiritual chamado a Ponte para a Liberdade Total e onde comunidades inteiras podem ser galvanizadas em cruzadas para lutar contra as drogas, combater contenda social e abuso psiquiátrico, promover a ética e moralidade, apoiar os direitos humanos e responder a catástrofes.

As igrejas são um elo para as comunidades — e mais ainda, um lugar onde a interceção da mente, corpo e espírito é uma realidade tangível. Como o Sr. Miscavige explicou à multidão de Scientologists e simpatizantes, com a inauguração da nova Igreja de Scientology de Silicon Valley, surge uma nova ligação: o poder para libertar o pleno potencial deste novo milénio, o poder do espírito.

A inauguração de Silicon Valley tinha um estatuto único. Outra Igreja de Scientology, esta em Salt Lake City, também foi inaugurada pelo Sr. Miscavige durante o mesmo fim de semana. É a primeira vez que Scientology inaugurou duas novas Igrejas consecutivamente — testemunho do paço acelerado das inaugurações de igrejas e a crescente expansão mundial da religião.

Juntamente com Silicon Valley, os Scientologists têm estado ativos na área da Baía durante anos nas proximidades de San Francisco, San Jose e Los Gatos. O trabalho de paroquianos e voluntários locais trouxe a campanha patrocinada pela Igreja, Unidos pelos Direitos Humanos, a mais de 10 000 residentes para aprenderem os seus direitos humanos. O programa do Mundo sem Drogas provou ser mais eficaz, com mais de 300 000 exemplares de A Verdade sobre as Drogas distribuídos, o que contribuiu para a queda da criminalidade relacionada com drogas em zonas de alto risco — a primeira queda em mais de uma década. E recentemente, os Ministros Voluntários de Scientology locais proporcionaram alívio às equipas de salvamento no rescaldo dos incêndios florestais de 2017 em Sonoma County.

Muitos dos líderes cívicos aclamados de Silicon Valley reuniram‑se na celebração de inauguração: o Sr. James Sweeney, um advogado ativo na Associação Política de Negros Americanos da Califórnia; o Tenente Glenn Walsh da Associação de Oficias de Narcóticos da Califórnia e do Programa das Áreas de Tráfico de Drogas de Alta Intensidade da Califórnia; a Sra. Anu Peshawaria, conselheira da Cidade de Fremont; e a Rev. Alice Baber‑Banks do Sacerdócio da Congregação Cristã e uma consultora dos Serviços Médicos das Crianças de Califórnia.

O Sr. Sweeney elogiou a Igreja e o apoio da Comissão dos Cidadãos para os Direitos Humanos (CCHR), que combate o excesso de medicação dadas às crianças acolhidas de Califórnia. “A Igreja de Scientology tem uma dedicação incessante para com a humanidade”, disse ele. “Isso é o que eu gosto de chamar de uma ‘tenacidade obstinada’ em nome dos bons indivíduos. E tenho sido privilegiado o suficiente para ter uma visão interna e privilegiada. De facto, entrei no jogo. Temos lutado e ganhámos uma mudança permanente para restringir a medicação das nossas crianças e inscrever leis da nossa terra.”

O Tenente Walsh falou da sua longa história com o programa do Mundo sem Drogas patrocinado pela Igreja: “Já vi como as drogas devastam um indivíduo. As drogas não querem saber da sua religião, economia, sexo ou quantos amigos tem no Facebook”, disse ele. “Bem, isto acaba aqui e agora e acaba com o Mundo sem Drogas e a Igreja de Scientology. Vocês construíram um movimento que pode de facto conter a maré do consumo de drogas.”

A Sra. Peshawaria disse à multidão: “Acredito que a Igreja de Scientology pode desenvolver o processo de cura para todos os cidadãos de Silicon Valley. Dá‑me uma grande esperança ver os vossos programas que agora preparam um caminho para uma vida melhor aqui mesmo.” Numa área conhecida pelo seu pensamento inovador, ela acrescentou: “Hoje, celebramos todo um novo paradigma de possibilidades. Pois, afinal de contas, esta é a religião do século XXI: a Igreja de Scientology!”

E a Pastora Baber‑Banks recontou a sua parceria com Scientologists ao defender comunidades unidas através da colaboração inter‑religiosa. “Fiquei a saber da Igreja de Scientology no Bureau Inter‑religioso, quando me juntei há mais de uma década”, disse ela. “Foi tão emocionante ver 10 líderes religiosos à volta da mesa, todos com aspetos diferentes, comportamentos diferentes, pensamento diferente. Mas quando terminámos de rezar com e uns pelos outros, éramos um só. […] A forma como tratamos uns aos outros, era como se fôssemos unidos. Sim, são os Estados Unidos que todos nós queremos, a ganhar vida perante os nossos olhos na Igreja de Scientology.

Ela adicionou: “Em nome da irmandade eterna, fiquemos de pé e celebremos este dia maravilhoso e inauguração gloriosa. E vamos unirmo‑nos para criar uma nação melhor e um mundo melhor!”


Os visitantes chegam à nova Igreja de Scientology de Silicon Valley atravessando um pátio espaçoso, flanqueado de palmeiras. Entram num Centro de Informação Público que lhes oferece uma introdução a Dianetics e Scientology. Os seus expositores contêm mais de 500 filmes em 17 línguas, que apresentam as crenças e práticas da religião de Scientology e a vida e legado do Fundador, L. Ron Hubbard.

O Centro de Informação também detalha as muitas iniciativas humanitárias que Scientology apoia. Estes incluem uma campanha mundial da educação dos direitos humanos; programas de educação, prevenção e reabilitação de drogas; uma rede global de centros de literacia e aprendizagem; e o corpo dos Ministros Voluntários de Scientology que se tornou a maior e mais independente força de socorro.

A Capela da nova Igreja de Scientology da cidade possibilita reuniões congregacionais de Scientology, incluindo Serviços Dominicais, Casamentos e Batismos, bem como uma multitude de eventos para as comunidades, tais como banquetes, seminários e workshops, abertos a membros de todas as denominações.

O elegante Café Bayshore, com lugares no interior e exterior, apresenta um ponto de encontro para aqueles que participam nos eventos, bem como para os paroquianos durante os intervalos entre os seus serviços de Scientology.

A nova Igreja providencia a entrega de todos os Serviços Introdutórios. Os visitantes participam frequentemente em seminários de Dianetics e Scientology à tarde, à noite e nos fins de semana, que dão uma visão geral dos princípios fundamentais e a sua aplicação na vida, bem como uma gama de Cursos de Melhoramento da Vida de Scientology para ajudar a melhorar qualquer aspeto da vida de uma pessoa.

A Igreja de Silicon Valley ainda inclui dezenas de salas especialmente designadas para proporcionar o cenário ideal para a audição (aconselhamento espiritual) de Scientology. Também há várias salas de curso dedicadas a treinar auditores (conselheiros espirituais), para os Scientologists que estudam a tecnologia de audição ajudarem os outros a alcançarem a liberdade espiritual.


A inauguração da nova Igreja de Scientology de Silicon Valley surge durante um período de expansão tremenda da religião com 65 novas Igrejas de Scientology, desde Los Angeles a Tampa, Londres a Milão, Telavive a Tóquio e Kaohsiung a Bogotá, incluindo 19 só no oeste dos Estados Unidos.

Só no ano passado, houve inaugurações de novas Igrejas de Scientology em: Auckland, Nova Zelândia; Vale de São Fernando, Califórnia; Miami, Florida; Copenhaga, Dinamarca; Dublin, Irlanda; Birmingham, Reino Unido; Amesterdão, Países Baixos; Joanesburgo Norte, África do Sul; e Salt Lake City, Utah.

Estão planeadas mais inaugurações da Igreja em 2018, para as cidades globais da Europa, América Latina, América do Norte, África e Austrália.