JOANESBURGO, ÁFRICA DO SUL

ESPÍRITO FESTIVO: JOANESBURGO DÁ AS BOAS‑VINDAS À NOVA IGREJA DE SCIENTOLOGY NUMA CELEBRAÇÃO VIBRANTE

A Igreja de Scientology coroa a temporada de expansão com uma Inauguração dinâmica nas montanhas a nordeste da “Cidade do Ouro”: Joanesburgo.

Fora da sombra do passado uma nova geração está a levantar‑se, a criar uma voz para eles próprios e uma terra definida pela liberdade de expressão e consciência espiritual — uma nova África do Sul.

Reconhecido historicamente como o Berço da Humanidade e agora conhecido pela sua energia inelutável e vigorosa, um Joanesburgo outrora dividido continua a estar na vanguarda da mudança unificada. Como uma das 50 melhores cidades no mundo, em termos de tamanho e comércio, esta capital pan‑africana é o lar de muitas forças criativas e culturais — indivíduos e organizações a criar um caminho melhor e mais brilhante para o sucesso da comunidade.

A conduzir a cerimónia de inauguração, o Sr. David Miscavige, Presidente do Conselho de Religious Technology Center, saúda todos os presentes na celebração vibrante no sábado dia 23 de dezembro.

Aquele espírito de inovação e nova esperança foi ressonante numa tarde de sábado quente em Joanesburgo Norte, à medida que mais de 1500 Scientologists e convidados se reuniram para dedicar a impressionante Igreja de Scientology da cidade nos montes de Randburg.

Ao comemorar a ocasião, o Sr. David Miscavige, líder eclesiástico da religião de Scientology, recebeu os presentes à luz dos desejos do Fundador de Scientology, L. Ron Hubbard (LRH) de infundir uma África do Sul segregada com sanidade e orientação há mais de 50 anos: “Se alguém perguntar o que significa seguir um sonho de LRH de ‘Um Homem, Um Voto’ a Uma Nação, Um Propósito e do poder de África a orgulho de África e de África para sempre a África viva, bem, tudo o que têm de fazer é considerar estas palavras: ‘África eternamente’ e ‘África infinitamente’, porque aí estão os Portões do nosso Leão para as portas do Infinito.”

A Inauguração foi acentuada com criatividade e expressão vibrante, liderada pelos sons mágicos de tambores Djembe misturado com dançarinos tradicionais e as melodias dum coro local. A festa evoluiu logo para um coro de dignitários de todo o Joanesburgo e Gauteng, saudando a Igreja e prevendo um futuro propício após o corte da fita vermelha.

Trata‑se, afinal, dum futuro que nasceu dum legado humanitário liderado pela Igreja na província de Gauteng. Na verdade, Scientology patrocinou a campanha de Unidos pelos Direitos Humanos que tem inspirado um movimento dos direitos de Gauteng, com mais de 40 mil pessoas fortalecidas com o conhecimento dos seus direitos. Há também o programa do Mundo sem Drogas em que, só em Joanesburgo, mais de 300 mil folhetos da Verdade sobre as Drogas foram distribuídos, contribuindo para uma queda da criminalidade relacionada com drogas em zonas de alto risco — a primeira em mais duma década.

A nova Igreja de Scientology acomoda a comunidade próspera de Scientology e continua um legado humanitário. Localizada na esquina da Rua Bram Fischer e Hunter em Randburg, as instalações extensas de 6500 metros quadrados abrangem uma herdade de 1 hectare e numa elevação da cidade com vista para Joanesburgo e estão expressamente concebidas para servir.

Esse compromisso de serviço definiu o traço comum presente entre as autoridades nacionais e provinciais presentes para receber as novas instalações, incluindo: o Chefe Fanie do Conselho Tradicional Africano Zalisidinga; o Sr. Martin Mande, Conselheiro do Alto Comissariado para os Refugiados da ONU, África do Sul, a Sra. Amy Fakude, Presidente Emérita do Parlamento das Mulheres de Gauteng; e o Pastor Errol Jacobs das Igrejas de Eldorado. Cada um falou da sua interação fortuita com os paroquianos e voluntários que participam nos programas da Igreja.

O Chefe Fanie, Conselho Tradicional Africano Zalisidinga, contou as suas experiências com a Tecnologia de LRH à multidão: “A primeira vez que me deparei com a vossa tecnologia foi quando trabalhava nos municípios à volta de Joanesburgo. Apesar da sua simplicidade, estas ferramentas estavam a trazer confiança, decência e honra a essas pessoas… foi como magia. Então eu comecei a ir a classes e passo a passo, vocês ensinaram‑me esta ‘magia’. E pouco depois, eu acreditava que tinha o poder para ajudar o meu povo, porque depois de estudar todos os 19 cursos, tornei‑me o Chefe com todas as respostas.”

O Sr. Martin Mande, Conselheiro do Alto Comissariado para os Refugiados da ONU, África do Sul, falou sobre a Igreja e o seu papel a visionar novas realidades para o povo Gauteng: “Enquanto outros estão estáticos nas suas mentalidades, vocês são revolucionários visionários. Estão a elevar as almas em direção aos direitos humanos. Temos de estabelecer clubes de direitos em toda a parte, nas escolas, organizações e igrejas por todas as comunidades. E assim, dessa forma, da sua cabeça para o seu coração, a África pode estar viva e livre com um futuro de direitos humanos.”

A Presidente Emérita do Parlamento das Mulheres de Gauteng, Sra. Amy Fakude, destacou o O Caminho para a Felicidade de L. Ron Hubbard e a sua capacidade de fortalecer uma geração: “Antes, as raparigas de 12 anos engravidavam, agora, elas são protegidas pela sua nova autointegridade. E os jovens acreditavam que roubar era bom porque: ‘eles estavam a reaver o que era originalmente deles’, bem, agora eles estão a reaver a sua autoestima. Estou a dizer‑vos, com O Caminho para a Felicidade, estamos a dar de volta a raça humana à sua humanidade.”

E, por fim, o Pastor Jacobs disse que ele é um dos sete homens na religião na sua família, cada um dos quais têm visto um retrocesso da moralidade e bondade: “Nós pregamos e ensinamos, para ver o mundo a desaparecer sob os nossos pés. Os pais, escolas, diretores, eles vêm ter comigo e dizem: ‘Por favor, Pastor, preciso da sua ajuda.’ Mas, para onde é que os envio? Bem, há alguns anos eu não podia dizer para onde ou a quem, mas agora eu sei e é uma bênção. Porque encontrei Dianetics e a Igreja de Scientology e tudo o que trazem para este mundo.”


A nova Igreja de Joanesburgo Norte proporciona aos visitantes uma introdução a Dianetics e Scientology, começando com o Centro de Informação Público. Os seus expositores contêm mais de 500 filmes que apresentam as crenças e práticas da religião de Scientology e a vida e legado do Fundador, L. Ron Hubbard.

O Centro de Informação também especifica os muitos programas humanitários patrocinados por Scientology. Estes incluem uma iniciativa mundial da educação dos direitos humanos, um programa de educação, prevenção e reabilitação de drogas amplo; uma rede global de centros de literacia e aprendizagem; e o programa dos Ministros Voluntários de Scientology que agora representa a maior e mais independente força de socorro.

A Capela de Joanesburgo Norte proporciona um espaço para as reuniões congregacionais de Scientology, que incluem Serviços Dominicais, Casamentos e Batismos. Também acolherá eventos comunitários, abertos a membros de todas as denominações. A Igreja também inclui várias salas de seminário e de curso, e uma ala inteira dedicada à audição de Scientology (aconselhamento espiritual).


A inauguração da nova Igreja de Scientology de Joanesburgo Norte surge durante um período de expansão tremenda da religião com mais de 60 novas Igrejas de Scientology, desde Los Angeles a Tampa, Londres a Milão, Telavive a Tóquio e Kaohsiung a Bogotá. Na última década, essas aberturas têm levado a uma expansão mundial da religião a uma velocidade que ultrapassa os 50 anos anteriores combinados.

Em 2017, houve inaugurações de novas Igrejas de Scientology em Auckland, Nova Zelândia; Vale de São Fernando, Califórnia; Miami, Florida; Copenhaga, Dinamarca; Dublin, Irlanda; Birmingham, Reino Unido e Amesterdão, Países Baixos.

Estão planeadas mais inaugurações da Igreja em 2018, para os epicentros culturais da Europa, América Latina, América do Norte e Austrália.