DETROIT, MICHIGAN

FEITO EM DETROIT: A NOVA IGREJA DE SCIENTOLOGY FICA NA PEDRA ANGULAR DA CIDADE MOTOR, EUA

14 DE OUTUBRO DE 2018

A recuperar de tempos difíceis, o centro‑oeste da metrópole está no seu caminho de volta e agora dá orgulhosamente as boas-vindas à tecnologia espiritual numa nova Igreja no centro da cidade.

Detroit — o amor de carros da América nasceu aqui; Motown, o som da sua música foi formado aqui; e o Campeão Mundal de Boxe, Joe Louis, um dos primeiros heróis do desporto afro‑americanos, era daqui.

Em tempos a quarta cidade mais populosa da nação, lar da indústria mais bem‑sucedida no país e local de algumas das maiores manifestações pacíficas dos direitos civis na história da nação, liderada pelo Reverendo Martin Luther King, Jr., Detroit também viu tempos difíceis.

Mas tal como o filho nativo e campeão mundial, Louis, Detroit foi para abaixo, mas não para fora. Agora, é a “Cidade de Regresso da América”, à medida que dezenas de moradores e crentes de todo o lado estão a mostrar fé à Cidade Motor, determinada a pôr o encanto de volta em Motown.

O Sr. Miscavige aborda a multidão, no coração da baixa de Detroit no domingo, 14 de outubro.

Hoje, o esforço para “recuperar Detroit” é alimentado por um orgulho contagioso e a Igreja de Scientology é uma parte vibrante da energia desse esforço. A sua presença na cidade desde 1963, foi um domingo brilhante em meados de outubro, em que uma multidão de mais de 2000 se reuniu em Jefferson Avenue e Griswold Street no centro da cidade para celebrar uma gloriosa e nova Igreja que veio à vida.

O Sr. David Miscavige, o líder eclesiástico da religião de Scientology, presidiu a cerimónia de consagração para abrir oficialmente as suas portas. No seu discurso de abertura, o Sr. Miscavige falou da magnitude do momento e exatamente o que esta nova Igreja de Scientology simboliza. Nomeadamente: “Não é uma revolta, não é um desejo para mudar qualquer religião do homem, mas a esperança de que o Homem pode ser autossuficiente no seu mundo altamente confuso e mecânico. E se ele pode fazer isso, então talvez também possa recuperar a felicidade, sinceridade, amor e bondade do qual ele criou.”

“You Can’t Hurry Love” (Não Pode Apressar o Amor) como a canção, mas para todos aqueles na assistência havia “Dançar nas Ruas”. A inauguração pulsou em movimento com a música icónica de Motown e seguiu‑se rapidamente para uma variedade de líderes comunitários e cívicos a dar os seus parabéns.

O pano de fundo da grande celebração foi a Igreja de Scientology de 7 andares a leste do arranha‑céus na 150 West Jefferson e em frente de Hart Plaza de Detroit. A localização é uma verdadeira pedra angular — local do primeiro edifício em Fort Pontchartrain — que mais tarde se tornou a cidade de Detroit. Enquanto, para adicionar mais significado à história, o edifício inaugural também foi a primeira igreja da cidade, construída em 1701.

Hoje em dia, o magnífico marco histórico de 5000 metros quadrados que fica na No.1 Griswold Boulevard, data de 1927. A trabalhar com artesãos locais, a Igreja restaurou meticulosamente os detalhes intrincados do marco histórico — desde os seus murais no teto e detalhes de bronze que adornam os seus interiores neoclássicos, ao exterior de pedra calcária e armações de ferro desenhadas por Corrado Parducci — um homem que tem praticamente definido a face do centro de Detroit — para não mencionar o relógio de canto do edifício que tem sido uma cara familiar para os residentes durante mais de 50 anos. Como a Igreja de Scientology de Detroit, as instalações agora estão preparadas para continuar a história do serviço da religião na capital de coragem e carácter da América.

De facto, o trabalho da Igreja e das organizações patrocinadas pela Igreja tem sido desde há muito estabelecido aqui, desde a distribuição de milhares de folhetos de A Verdade sobre as Drogas, a um movimento do Caminho para a Felicidade pelas ruas da cidade com milhares de exemplares do guia de senso comum para uma vida melhor de L. Ron Hubbard, para além de Scientologists em parceria com os legisladores locais a apoiar a liberdade de religião.

Entre os líderes da área no domingo, que saudaram a Igreja às suas novas instalações estavam Steven Spreitzer, o Presidente de Michigan Roundtable for Diversity and Inclusion; Hubert Roberts, Mentor Coordenador do Projeto de Fortalecimento Juvenil InvolvedDad; Allison Folmar, Advogada dos Direitos Civis; e Artina Hardman, Representante do Estado de Michigan do Distrito 3 (Reformada) e a atual Diretora Executiva do centro de recursos da cidade Mack Alive. Todos falaram das suas experiências duradouras ao trabalhar com os membros da Igreja de Scientology.

O Sr. Spreitzer, Presidente de Michigan Roundtable for Diversity and Inclusion, falou de como as novas instalações adicionam um rejuvenescimento da cidade: “A nossa relação começou há 15 anos quando ajudámos a formar o Fórum Inter‑religioso de Washtenaw County. E desde então, vocês provaram ser uma preciosidade, porque vieram com a humildade e uma convicção inspiradora de ouvir o que a comunidade tem para dizer. Vocês fizeram isso em cidades da América, e agora está na altura do centro de Detroit… Por isso, sim, já estão a inspirar esperança aqui mesmo, nesta pedra angular da cidade.”

O Sr. Roberts, Mentor Coordenador do Projeto de Fortalecimento Juvenil InvolvedDad, refletiu sobre como o programa do Mundo sem Drogas teve um impacto no seu trabalho com a juventude local: “Comecei a dar palestras nas escolas e casas de transição para os homens a regressar a casa das prisões. Depois disso, encontrei um de vocês e comecei com A Verdade sobre as Drogas. Agora, quando essas mentes jovens veem histórias da vida real, essa é a combinação do código para desbloquear as inseguranças deles. Elas tornam‑se mais confortáveis e começam a pensar: ‘Posso identificar, e estou a lutar contra as drogas.’ Veem o clique nas suas mentes e deixam‑vos entrar.… Sim, estamos a encorajar, estamos a realizar e estamos a emancipar a juventude de Detroit.”

A Sra. Allison Folmar, uma Advogada dos Direitos Civis ativa na proteção dos direitos dos pais, falou do impacto que a CCHR está a ter no abuso psiquiátrico em toda a sua cidade e estado: “Gostaria de pensar da CCHR como uma missão de resgate em operação. Já o disse antes e vou continuar a dizer isto, a CCHR vem ao resgate. Eles são a vigilância da indústria psiquiátrica e isso não é a minha opinião, isso é a verdade gospel. Eles têm os factos que contrariam mentiras e muniram‑nos com esses factos. Desde o início, a CCHR disse: ‘Protegemos‑te.’ E em cada caso que lutei para libertar uma criança do internamento psiquiátrico, conseguimos a sua libertação.”

E finalmente, a falar do poder de O Caminho para a Felicidade combinado com o espírito de Detroit, a Sra. Artina Hardman, Representante do Estado de Michigan do Distrito 3 (Reformada) disse: “Todos os cidadãos neste país devem ter um exemplar de O Caminho para a Felicidade. Estou a dizer, é simplesmente assim tão bom. É uma luz guiadora para se viver. Sim, o Sr. Hubbard partilhou a sua sabedoria connosco. E esta é a magnífica Igreja de Scientology que agora permanece como um santuário para partilhar a sabedoria outra vez. Assim, como todos nós nos reunimos nessa grande inauguração hoje, celebramos uma nova e brilhante ressurgência para Detroit, a Cidade Milagrosa!”


Ao entrar na nova Igreja de Scientology de Detroit, os visitantes são recebidos por um Centro de Informação Público que apresenta uma introdução a Dianetics e Scientology. Os seus expositores contêm mais de 500 filmes em 17 línguas, que partilham as crenças e práticas da religião de Scientology e a vida e legado do Fundador, L. Ron Hubbard.

O Centro de Informação também apresenta as muitas iniciativas humanitárias que Scientology apoia, incluindo a sua campanha mundial da educação dos direitos humanos; programas de educação, prevenção e reabilitação de drogas; uma rede global de centros de literacia e aprendizagem; e o corpo dos Ministros Voluntários de Scientology que se tornou a maior e mais independente força de socorro.

A Capela de Detroit proporciona um espaço para as reuniões congregacionais de Scientology, incluindo Serviços Dominicais, Casamentos e Batismos, bem como uma multitude de eventos comunitários, tais como banquetes, seminários e workshops, abertos a membros de todas as denominações.

O Café oferece um local para socializar com aqueles que participam nos eventos, bem como para os paroquianos durante os intervalos entre os seus serviços de Scientology.

A nova Igreja providencia a entrega de todos os Serviços Introdutórios. Estes incluem seminários à tarde, noturnos ou de fim de semana de Dianetics e Scientology que dão uma visão geral dos princípios fundamentais e a sua aplicação na vida, bem como uma gama de Cursos de Melhoramento da Vida de Scientology para ajudar a melhorar qualquer aspeto da vida duma pessoa.

Também apresenta dezenas de salas especialmente designadas para proporcionar o cenário ideal para a audição (aconselhamento espiritual) de Scientology. Também há várias salas de curso dedicadas a treinar auditores (conselheiros espirituais) e para os Scientologists que estudam a tecnologia de audição ajudarem os outros a alcançarem a liberdade espiritual. As novas instalações recebem tanto Scientologists como aqueles interessados em saber mais sobre a Igreja de Scientology.


Esta inauguração da nova Igreja de Scientology de Detroit avança um período de expansão para a religião com 70 novas Igrejas de Scientology, em cidades globais — desde Los Angeles a Londres, Bogotá a Berlim e Telavive a Tóquio.

Só no ano passado, houve inaugurações de novas Igrejas de Scientology em: Dublin, Irlanda; Birmingham, Inglaterra; Amesterdão, Holanda; Joanesburgo Norte, África do Sul; Salt Lake City, Utah; Silicon Valley, Califórnia; Perth, Austrália; Orlando, Florida; e Estugarda, Alemanha.

Estão planeadas mais inaugurações da Igreja nos próximos meses, para cidades na Europa, América do Norte, América Latina e África.