Porque é que Scientology é uma igreja?

PORQUE É QUE SCIENTOLOGY É UMA IGREJA?

A palavra igreja vem da palavra grega kyrios que significa “senhor” e kewe base indo–europeia, “ser forte”. Os significados atuais da palavra incluem “uma congregação”, “poder eclesiástico como distinto do secular” e “a profissão clerical; clero”.

A palavra igreja não é usada só por organizações cristãs. Havia igrejas dez mil anos antes de que houvesse cristãos, e o próprio Cristianismo era uma revolta contra a igreja estabelecida. No uso moderno, as pessoas falam da igreja budista ou muçulmana, referindo–se, em geral, a todo o corpo de crentes numa doutrina religiosa particular.

Uma igreja é uma comunidade de crentes que têm em comum um sistema de crenças e práticas religiosas santificadas pelas quais eles se esforçam para superar os problemas fundamentais da vida.

Na década de 50, os Scientologists reconheceram que a tecnologia de L.¬Ron¬Hubbard e os seus resultados lidavam diretamente com a libertação do espírito humano, e que uma maior consciência espiritual era rotineiramente alcançada. Não havia quaisquer dúvidas nas suas mentes de que eles estavam envolvidos numa prática religiosa. Assim, no início dos anos 50, eles resolveram que deveria ser formada uma igreja para atender melhor às suas necessidades espirituais. A primeira Igreja de Scientology foi incorporada em 1954.

Assim, Scientology é uma religião e o uso da palavra igreja quando se refere a Scientology é correto.