Scientology tem um conceito de Deus?

SCIENTOLOGY TEM UM CONCEITO DE DEUS?

Sim, com certeza. Em Scientology, o conceito de Deus é expresso como a Oitava Dinâmica o impulso para a existência como infinito. Isto também se identifica como o Ser Supremo. Enquanto a Oitava Dinâmica, o conceito de Deus em Scientology repousa no ápice da sobrevivência universal. Tal como L. Ron Hubbard escreveu no livro Ciência da Sobrevivência:

“Não há nenhuma cultura na história do mundo, excepto as completamente depravadas e que estão a expirar, que não tenha afirmado a existência de um Ser Supremo. É uma observação empírica que os homens sem uma crença forte e duradoura num Ser Supremo são menos capazes, menos éticos e menos valiosos para eles próprios e para a sociedade. (...) Um homem sem uma fé duradoura é, só por observação, mais uma coisa do que um homem.”

Ao contrário das religiões de origem judaico-cristã, a Igreja de Scientology não tem estabelecido um dogma sobre Deus que impõe aos seus membros. Como com todos os seus princípios, Scientology não pede aos indivíduos para aceitarem alguma coisa com base apenas na fé. Em vez disso, à medida que o nível de consciência espiritual de uma pessoa aumenta através da participação na audição e treino de Scientology, a pessoa atinge a sua própria certeza de todas as dinâmicas. Consequentemente, apenas quando a Sétima Dinâmica (espiritual) é atingida na sua plenitude é que uma pessoa vai descobrir e alcançar uma compreensão total da Oitava Dinâmica (infinito) e da sua relação com o Ser Supremo.