Scientology acredita que o Homem é pecador?

SCIENTOLOGY ACREDITA QUE O HOMEM É PECADOR?

Um princípio fundamental de Scientology é que o Homem é basicamente bom; que ele está a procurar sobreviver; e que a sua sobrevivência depende de si próprio e dos seus semelhantes e dele alcançar uma irmandade com o universo. Contudo, as suas experiências no universo físico, ao longo de muitas vidas, conduziram-no para o mal, em que ele cometeu atos nocivos ou pecados, o que o fez tornar-se aberrado (afastamento do pensamento ou comportamento racional). Estes atos nocivos reduzem ainda mais a consciência do Homem e a sua bondade inata como um ser espiritual.

Através de Scientology, uma pessoa confronta esses atos, apaga a ignorância e a aberração que a rodeia, e volta a conhecer e experimentar a verdade novamente.

Todas as religiões procuram a verdade. A liberdade de espírito só pode ser encontrada no caminho da verdade. O pecado é composto, de acordo com Scientology, de mentiras e ações ocultas e é consequentemente uma inverdade.