Scientology envolve-se em lavagens cerebrais ou controlo da mente?

SCIENTOLOGY ENVOLVE-SE EM LAVAGENS CEREBRAIS OU CONTROLO DA MENTE?

Não. Na verdade, o que fazemos é exatamente o oposto. Scientology liberta as pessoas e possibilita-lhes que pensem por si próprias.

Milhões de membros da Igreja de todos os estratos da vida têm confirmado os benefícios recebidos de Scientology. Um tema comum nas suas histórias de sucesso pessoal é que os Scientologists se sentem mais em controlo das suas vidas do que nunca.

Factualmente, o Sr. Hubbard foi um dos primeiros a descobrir e expor o controlo mental real e a experimentação relacionada com lavagens cerebrais, tais como foram conduzidas por agências militares e de informações secretas dos Estados Unidos durante e após a II Guerra Mundial. Além disso, ele também descobriu que a tecnologia que tinha desenvolvido, Dianética, poderia anular os efeitos de uma forma insidiosa de hipnotismo chamada “dor-droga-hipnose”.

Anos depois de o Sr. Hubbard ter escrito sobre estas experiências psiquiátricas de controlo da mente patrocinadas pelo governo, documentos divulgados no âmbito do Ato da Liberdade de Informação detalharam a extensão em que essas técnicas tinham sido usadas. Ao longo dos anos, a Igreja de Scientology tem exposto numerosos casos de lavagem cerebral ou práticas de controlo da mente, tais como as envolvidas na chamada “desprogramação”. Tais práticas são diametralmente opostas a Scientology, que tenciona libertar o Homem e restaurar a sua capacidade para controlar a sua própria vida.