LOS ANGELES, CALIFÓRNIA

Está na Hora de Celebrar: Scientology Homenageia o Ano do Crescimento Recorde e Recebe um 2018 Cheio de Potencial

Milhares de pessoas comemoraram alegremente o Ano Novo e refletiram numa série de realizações desenfreadas em nome dum mundo melhor.

A atmosfera estava elétrica e a antecipação quase tangível à medida que um número recorde de Scientologists se reuniu no Auditório Shrine para a Celebração de Ano Novo de Scientology ao vivo. A ocasião marcou o encerramento do milagroso 2017 — foi certamente um momento para comemorar uma época de expectativas realizadas, objetivos alcançados e, naturalmente, estabelecer novos.

O Sr. David Miscavige, Presidente do Conselho de Religious Technology Center, subiu ao palco para começar a celebração do Ano Novo de 2018.

“Sim, esta é a noite em que brindamos ao ano novo e celebramos o velho”, declarou o Sr. David Miscavige, líder eclesiástico da religião de Scientology. “Enquanto outros contam histórias do Pai Tempo, Senhor do Tempo, tempos imemoriais, tempos inconcebíveis, de tempos em tempos e ‘mesmo a tempo’, bem, nós somos a exceção à regra visto que: ‘o tempo não espera por ninguém’ quanto mais não seja porque o tempo está sempre do nosso lado. Assim, enquanto toda a gente leva um ‘tempo dos diabos’ para compreender quem somos, à luz de tudo o que realizamos nos últimos doze meses, meus amigos, esta é a hora do espetáculo!

E assim, o Sr. Miscavige estabeleceu o cenário para uma celebração majestosa que fez palpitar com entusiasmo à medida que os destaques visuais das realizações passavam minuto a minuto. Mais altos que nunca, um após o outro, as realizações sublinharam um ano sem precedentes. Além disso os cabeçalhos realçaram os esforços humanitários internacionais de renome da Igreja e uma revisão deslumbrante de quase 50 mil metros quadrados de novas igrejas que abriram no ano passado As Inaugurações gloriosas de 2017 incluem:

  • A 21 de janeiro inaugurou‑se uma nova Igreja para uma das congregações mais antigas de Scientology no grande hemisfério sul, na capital de Auckland, Nova Zelândia.
  • A inauguração de 19 de março foi a maior Igreja de Scientology na América do Norte no coração do Vale de São Fernando.
  • A inauguração de 29 de abril de uma Igreja imponente de seis andares na Autoestrada 1 dos EUA, em Coconut Grove, Miami.
  • A inauguração de 27 de maio na Dinamarca dum marco histórico e a nova Igreja de Scientology de Copenhaga na famosa rua pedestre.
  • A 14 de outubro houve o corte da fita na nova Igreja e Centro Comunitário dedicado a oferecer os programas patrocinados por Scientology e proporcionar um centro para atividades cívicas e eventos de forma a fortalecer comunidades por todo o Dublin e a Irlanda.
  • Apenas uma semana mais tarde, a 21 de outubro, a inauguração da nova Igreja de Scientology de Birmingham — um marco histórico totalmente restaurado numa propriedade de 2,5 hectares no coração de Midlands.
  • E na semana seguinte, a 28 de outubro, a inauguração duma nova Igreja de Scientology de Amesterdão proeminente na rua “Knowledge Mile”.

Esta onda imparável de expansão gerou o reconhecimento continuou da religião nas nações em todo o globo. De facto, coroando um 2017 de muitos sucessos, o Sr. Miscavige anunciou à multidão uma realização épica e que vem na sequência dos reconhecimentos religiosos na República da Macedónia e Colômbia. Porque, a 30 de outubro de 2017, a nação do México permeou a Igreja de Scientology com reconhecimento religioso — um triunfo para Scientology e a liberdade religiosa.

A pontuar os anúncios e apresentações da noite estava um “menu transcultural do dia” da Tecnologia de L. Ron Hubbard a promover o ressurgimento cultural em inúmeras nações:

  • Associação para uma Vida e Educação Melhores (ABLE) — programas seculares e caritativos que entregam estratégias destinadas a reduzir e erradicar a toxicodependência, iliteracia e criminalidade. Em East Sussex, Inglaterra, onde um colégio privado prestigiado usou o seu currículo acreditado a nível nacional, fundada de acordo com a Tecnologia de Estudo de L. Ron Hubbard, e os testes são 70% mais que a média nacional e assim inspirando uma nova geração de pensadores britânicos. Em Tegucigalpa, Honduras, onde um ministro do governo utilizou O Caminho para a Felicidade e os 21 preceitos morais universais em 2000 das escolas mais violentas do mundo e daí o país viu uma queda de 20% na criminalidade. E na Europa continental, onde através duma rede de 20 centros de reabilitação, o Narconon salvou cerca de 40 mil da toxicodependência.
  • Instituto Mundial de Empresas de Scientology (WISE) — Incluído nos contos deste ano da Tecnologia de L. Ron Hubbard para a prosperidade no trabalho está um executivo da Florida que usou as ferramentas administrativas para aperfeiçoar a emoção nos parques aventura com o crescimento mais rápido na América. De forma similar, uma empresária sul‑africana aplicou a Tecnologia Administrativa de LRH a um conjunto de minas de granito inativas, gerando uma expansão de 40 vezes em apenas três anos e fornecendo o granito da mais alta qualidade para mais de 750 corporações internacionais. E depois há um Diretor‑Geral japonês que usou as perícias organizacionais para a colheita, controle de qualidade e até mesmo embalagem de 77 produtos de chá verde, processando mais de 3,5 milhões de quilos de chá e assim criando a empresa de chá verde número 1 no mundo.
  • Liga Eclesiástica de Pastores Hubbard Internacional (I HELP) e Missões de Scientology Internacional (SMI) — a guarda avançada de Scientology em nome da humanidade. As histórias de sucesso apresentadas incluíram um médico indiano que formou um grupo de estudantes inter‑religiosos para, em última análise, alcançarem mais de 200 mil Hindus, Sikhs, Muçulmanos e Cristãos com Dianetics: O Poder da Mente sobre o Corpo. Em Quito, Equador, no meio dum corredor de cocaína que transforma crianças de seis anos em consumidores, uma Diretora Executiva de Missão fez parceria com a Polícia Nacional e assim cobriu a sua cidade com os programas humanitários patrocinados por Scientology, chegando por fim a 40% da nação. Por último, houve três novas missões impressionantes de Scientology que abriram nos últimos meses em Louisiana, EUA; Senigália, Itália; e Taichung, Taiwan; cada uma delas expandiu mais de cinco vezes desde a inauguração.

Um número recorde de Membro de Staff de Campo (FSMs) de Poder de 37 nações também foram homenageados por terem levado pelo menos 100 pessoas para e a subir a Ponte para a Liberdade Total. Este ano também viu um número sem precedentes de quatro indivíduos a alcançarem o status de FSM de Elite, reconhecendo a sua realização de terem ajudado 1000 pessoas para e a subir a Ponte.

Com um final cheio de luzes, explosões de confetes e melodias para saltar — a cortina caiu numa celebração brilhante e nos 12 meses estrelares para a religião que mal podiam ser apresentados numa única noite. Se 2017 é alguma indicação, não é surpresa que os Scientologists por todo o globo já estão a antecipar um 2018 preparado para bater todas as expectativas anteriores.