Na Cidade Eterna, uma nova Igreja de Scientology

NA CIDADE ETERNA, UMA NOVA IGREJA DE SCIENTOLOGY

No dia 24 de outubro de 2009, a nova Igreja de Scientology de Roma foi inaugurada, no bairro Casalotti di Boccea da Cidade Eterna. Mais de 6000 Scientologists e os seus convidados vieram de toda a Itália e de mais além para celebrar a dedicação desta magnífica Igreja nova na sua casa de 6500 metros quadrados em 11 hectares de parque.

A nova Igreja marca a maior expansão até à data para Scientology, na sua história de 30 anos na Itália e servirá paroquianos da Itália central e de outras regiões do Mediterrâneo.

O Sr. David Miscavige, Presidente do Conselho do Religious Technology Center e líder eclesiástico da religião de Scientology, presidiu a dedicação da nova Igreja de Scientology de Roma.
O Sr. David Miscavige liderou o corte da fita para inaugurar a nova Igreja de Scientology de Roma, unidos pela Diretora Executiva da Igreja e dignitários, marcando a maior expansão em 30 anos de Scientology na Itália.
O Sr. David Miscavige, Presidente do Conselho do Religious Technology Center e líder eclesiástico da religião de Scientology, saudou os paroquianos à sua nova casa na encruzilhada histórica da civilização ocidental. A sua presença significa o calibre e a proeminência da Igreja, o Sr. Miscavige falou sobre o que inspirou cada Scientologist de fazer a nova Igreja possível:

“Como é que se pode falar, eventualmente, de história sem um aceno para Roma? Esta Cidade de Deus, esta Cidade do Homem, o centro do mundo ocidental, pelo menos durante 1000 anos se alguma vez houve um lugar que estivesse destinado a ter uma Igreja de Scientology Ideal é este. Pois que melhor arena para mostrar o que Scientology pode fazer do que este antigo império religioso?”

Entre os participantes na dedicação da nova Igreja de Scientology estiveram o Sr. Dino De Pasquale, Gerente da Agência de Desastres da Defesa Civil; o Professor Silvio Calzolari da Faculdade Teológica da Universidade do Vaticano, em Florença, o Professor Luigi Berzano, Professor de Sociologia das Religiões da Universidade de Turim, e a Sra. Laura Guercio, presidente da Assistência Judiciária Mundial.

O lar da nova Igreja é um edifício contemporâneo, que sofreu profundas obras de remodelação para acolher todos os serviços religiosos de Scientology, as inúmeras actividades da comunidade dos membros da Igreja, e serviços introdutórios para os visitantes.

Um Centro de Informação Pública expansivo abriga uma exposição permanente audiovisual que contém mais de 230 filmes que abrangem as crenças, práticas e actividades da Igreja. Juntamente com as descrições incisivas dos princípios de Scientology e informações sobre a vida e as realizações do Fundador de Scientology, L. Ron Hubbard, aqui está a introdução definitiva para todos os programas de promoção social para combater a toxicodependência, a iliteracia, a criminalidade, a imoralidade e as violações dos direitos humanos patrocinados pela Igreja.

Central ao edifício está o auditório com 300 lugares para eventos da Igreja e da comunidade.

A Igreja de Scientology de Roma irá coordenar os programas de melhoramento social da Igreja na Itália central. Com duas décadas de experiência na prevenção da droga, o seu programa de “Diga Não às Drogas, Diga Sim à Vida” oferece soluções comprovadas e eficazes para um dos problemas mais prementes na sociedade italiana.

Ao encerrar a cerimónia de dedicação, o Sr. Miscavige enfatizou a importância da missão social da Igreja e ressaltou a necessidade vital dos Scientologists assumirem a responsabilidade para com a comunidade em que vivem:

“Vocês devem [a Roma] as nossas campanhas de salvamento para erradicar a toxicodependência, incutir o respeito pelos direitos humanos e fornecer a tecnologia básica para a vida através de O Caminho para a Felicidade.

“Vocês devem–lhe os nossos programas de aprendizagem e de alfabetização.

“Vocês devem–lhe um sistema de reforma penal, baseado não na punição, mas na restauração da auto–estima.

“Vocês devem a cada toxicómano uma vida sem drogas e a cada alma perdida e sem esperança a possibilidade de descobrir que Há Sempre Algo Que Se Pode Fazer.

“Mas acima de tudo, vocês devem a cada cidadão romano, uma oportunidade para descobrir Dianética e Scientology.”