AS CARAÍBAS

CONVOCAÇÃO DA 27.ª SEMANA DE DURAÇÃO DA VIAGEM INAUGURAL NO FREEWINDS CELEBRA O ANO DE EXPANSÃO ÉPICA DA IGREJA DE SCIENTOLOGY

Tem ocorrido todos os meses de junho desde 1988.

Mais de 200 dos Scientologists mais avançados no planeta reúnem-se nas ilhas idílicas caribenhas e sobem a bordo do navio de motor perfeito que será o seu passaporte para a celebração e esclarecimento espiritual durante uma semana de grandes festividades. E este ano, a celebração do 27.º aniversário da Viagem Inaugural original no retiro religioso de Scientology Freewinds, (que foi lançada no sábado, dia 13 de junho, saiu de Aruba), transmite um itinerário distinto particularmente.

Durante uma celebração de noite de abertura emotiva, o Sr. David Miscavige, o Presidente do Religious Technology Center, apresentou àquelas pessoas reunidas para o lançamento do Aniversário da Viagem Inaugural na semana passada, o crescimento sem paralelos levando Scientology inexoravelmente para diante.

«Hoje celebramos um outro marco miliário à medida que nos reunimos a bordo deste Freewinds,» disse o Sr. Miscavige, Presidente do Conselho do Religious Technology Center. «Pois esta é a década que marca uma rapidez de expansão que eclipsa todos os 50 anos passados. E embora continuemos a pressionar as fronteiras de possibilidades em termos da nossa maior missão humanitária — para inspirar populações onde a humanidade sobe a pique para os seus maiores potenciais.»

«Hoje celebramos um outro marco miliário à medida que nos reunimos a bordo deste Freewinds,» disse o Sr. Miscavige. «Pois esta é a década que marca uma rapidez de expansão que eclipsa todos os 50 anos passados. E embora continuemos a pressionar as fronteiras de possibilidades em termos da nossa maior missão humanitária — para inspirar populações onde a humanidade sobe a pique para os seus maiores potenciais.»

Na verdade, no relatório de meio do ano da Igreja, as notícias dificilmente contariam uma história mais brilhante.

Com as novas Orgs Ideais adicionadas durante os últimos 12 meses, há agora mais de 40 cintilantes através dos cinco continentes. Para além disso, essas Igrejas são parte de uma evolução de Scientology que agora encontra o duplicar, triplicar, quadruplicar e até mesmo quintuplicar dos alcances de metas prévios. E isso não é só para mencionar as mais de 2000 organizações federais, estatais e comunitárias que se emparceiram agora com as Orgs Ideais de Scientology mundialmente.

Estas Igrejas foram honradas durante o passado ano com uma variedade de galardões que falam sobre a sua dedicação a melhorar as cidades que servem. Incluído está o Prémio de Mérito Religioso da cidade de Kaoshiungs, Ilha Formosa; um reconhecimento do Parlamento Russo em Moscovo em tributo dos 20 anos de serviço da Igreja; um louvor da Câmara dos Lordes em Londres, que põe os holofotes no trabalho de Scientology em mudar o mundo para melhor; uma Proclamação do Presidente da Câmara de San Francisco por ajudar a desenvolver a tolerância e igualdade; e galardões do Congresso dos Estados Unidos em Washington, DC, para honrar a sua ajuda indiscriminada aos demais.

Quanto ao próprio Freewinds, os passageiros e a tripulação contribuíram com milhares de horas de trabalho humanitário nas ilhas que visitam, incluindo a organização de programas culturais; apoiando a prevenção da toxicodependência, direitos humanos e educação moral aos jovens da ilha; e sendo o anfitrião para o benefício de diversas organizações comunitárias e caritativas.

A celebração desta semana do 27.º Aniversário do Freewinds serve para esclarecer alguns dos esforços humanitários mais recentes e da ampla missão social do navio em servir os seus muitos portos de chamada por toda a região caribenha.

Os reconhecimentos incluíram:

  • O Ministro da Justiça de Curaçau a louvar o trabalho da iniciativa de A Verdade sobre as Drogas em alcançar 30 barrios do porto de Willemstad da capital da ilha, reparando que a «influência» do Fundador de Scientology, L. Ron Hubbard, «continua visível nos dias atuais».
  • Um acusar de receção da educação dos direitos humanos da Igreja às forças de defesa da ilha em S. Cristóvão e Névis que notou: «A Youth for Human Rights faz uma grande diferença.»
  • A declaração do Ministro da Justiça em Aruba que «O Freewinds faz uma grande diferença nas vidas dos seres humanos» com a sua educação de moral, uma cortesia da campanha de O Caminho para a Felicidade da Igreja, cujos 21 preceitos foram transmitidos a mais de 85% dos cidadãos da ilha via Tele-Aruba.
  • O Ministro da Justiça em Bonaire premiou a Youth for Human Rights com o reconhecimento: «Estamos agradecidos que a nossa ilha seja parte do vosso movimento dos direitos humanos.»

Foi assim por todas as ilhas que o Freewinds chama lar, incluindo também os Barbados, S.ª Lúcia, S. Vicente e Granadinas, Domínica e Antigua. Cerca de 80 escritórios e agências têm entregado ao navio e à sua tripulação quase 400 galardões durante mais de 25 anos de cumprir o seu mandato filantrópico nos mares altos.

Os passageiros a bordo da soirée da Viagem Inaugural de 2015 também celebraram um evento dedicado exclusivamente aos esforços globais sem paralelo da Associação Internacional de Scientologists (IAS) em chamar a atenção para — e ajudar a providenciar a solução para — alguns dos temas mais obscuros com que a humanidade se confronta.

Durante esse evento, aquelas pessoas na assistência ficaram muito interessadas por uma dúzia de histórias persuasivas do triunfo humano de todo o mundo, cada uma causada por um programa social patrocinado pela Igreja de Scientology. Elas incluíram:

  • Contos de calma, esperança e realizações centrados n’O Caminho para a Felicidade, onde o programa ajudou a restaurar a sanidade e ordem em pontos assolados pela violência do México, África do Sul e França.
  • O elevar de consciência e reforço da Declaração Universal dos Direitos do Homem — ajudado por Unidos pelos Direitos Humanos e Youth for Human Rights — a áreas como Bangladesh, Dinamarca e Guatemala.
  • A Fundação para um Mundo sem Drogas luta contra o flagelo da toxicodependência nas Honduras, Indonésia e na Cidade de Nova Iorque.
  • As vitórias legais duramente conquistadas pela Comissão dos Cidadãos para os Direitos Humanos (CCHR) em ir ao tapete por milhares de crianças vítimas dos abusos e criminalidade psiquiátricos na Itália, Austrália e Novo México.

E assim foi que pelo final da semana, os Scientologists reunidos para a celebração do Aniversário da Viagem Inaugural ficaram elevados e realizados, e galvanizados para realizarem o desafio entusiasmante do ano vindouro.