INTRODUÇÃO

ESTANCAR O DECLÍNIO DOS
STANDARDS MORAIS

Hoje em dia somos confrontados com a evidência generalizada de uma profunda crise moral.

Intolerância — crimes de ódio raciais e étnicos, incluindo genocídio, são galopantes, com diferenças religiosas, étnicas ou culturais que alimentam a maioria dos conflitos.

Ganância — roubo corporativo e fraude por parte de empregados e consumidores totalizam bilhões de dólares, com empresas estado-unidenses a perderem anualmente cerca de 7%, ou $994 mil milhões, devido à fraude.

73
POR CENTO
dos estado‑unidenses
DIZEM QUE
OS VALORES
MORAIS
estão a decair

Imoralidade — a pornografia representa um terço de todas as páginas da web, sendo a pornografia infantil um dos negócios de mais rápido crescimento on‑line. Por cada dois dólares de software comprado legitimamente, o valor de um dólar é obtido de forma ilegal. Cerca de 70% dos estudantes do Ensino Secundário estado‑unidenses copiam nos exames.

Criminalidade — cerca de $600 mil milhões e $1,6 biliões sofrem uma lavagem de dinheiro anualmente por traficantes de drogas, traficantes de armas e outros criminosos.

Toxicodependência — estima‑se que 210 milhões de pessoas consomem drogas ilícitas.

Auto-Estima — anualmente, entre 10 a 20 milhões de pessoas tentam o suicídio e cerca de um milhão morrem.

Irresponsabilidade ambiental — os 400% de aumento em desastres ambientais relacionados com o clima desde 1980 têm sido atribuídos ao resultante aumento de gases de efeito estufa. Mais de metade dos leitos hospitalares em todo mundo é ocupada por pessoas que sofrem de doenças ligadas a água contaminada.

Sem soluções aparentes, muitas pessoas saem para as ruas em revolta aberta contra os seus governos. No entanto, motim e revolta não são a resposta.

E na origem de tudo isto está uma perda de valores morais básicos. O Caminho para a Felicidade está a ajudar a reverter este declínio e a restaurar a integridade e confiança à humanidade.

L. Ron Hubbard escreveu os 21 preceitos de O Caminho para a Felicidade para fornecer um caminho que qualquer pessoa pode seguir e fazer escolhas que levam a uma vida mais feliz, mais digna e gratificante. Porque é totalmente não religioso, este código moral de senso comum pode ser usado por qualquer pessoa de qualquer raça, cultura ou credo.

Ao oferecer exemplares de O Caminho para a Felicidade a amigos, colegas e até desconhecidos, qualquer pessoa pode ajudar aqueles ao seu redor a sobreviver melhor, melhorando assim a própria sobrevivência. Eles, por sua vez, passam exemplares do livro àquelas pessoas cujas vidas eles influenciam, ao encorajar outras pessoas a tratarem os seus companheiros com bondade, compaixão e respeito. Por estes meios e muitos mais, o movimento de O Caminho para a Felicidade é edificante em todos os sectores da sociedade.