O Credo da Igreja de Scientology

O CREDO DA IGREJA DE SCIENTOLOGY

O Credo da Igreja de Scientology foi escrito por L. Ron Hubbard, logo após a Igreja ter sido formada em Los Angeles no dia 18 de fevereiro de 1954.

Depois o Sr. Hubbard publicou este credo a partir do seu escritório em Phoenix, Arizona, a Igreja de Scientology adotou como a sua crença, porque sucintamente declara no que os Scientologists acreditam.

Nós da Igreja acreditamos

Que todos os homens, independentemente da sua raça, cor ou credo, foram criados com direitos iguais.

Que todos os homens têm direitos inalienáveis às suas próprias práticas religiosas e ao seu exercício.

Que todos os homens têm direitos inalienáveis às suas próprias vidas.

Que todos os homens têm direitos inalienáveis à sua própria sanidade.

Que todos os homens têm direitos inalienáveis à sua própria defesa.

Que todos os homens têm direitos inalienáveis de conceber, escolher, assistir ou apoiar as suas próprias organizações, igrejas e governos.

Que todos os homens têm direitos inalienáveis de pensar livremente, de falar livremente, de escrever livremente as suas próprias opiniões e de opor-se, expressar-se ou escrever sobre as opiniões dos outros.

Que todos os homens têm direitos inalienáveis à criação da sua própria espécie.

Que as almas dos homens têm os mesmos direitos que os homens.

Que o estudo da Mente e a cura de doenças com causas mentais não deveriam ser alienados da religião ou permitidos em campos não religiosos.

E que nenhuma entidade menor do que Deus tem o poder para suspender ou pôr de parte estes direitos, aberta ou encobertamente.

E nós da Igreja acreditamos

Que o Homem é basicamente bom.

Que ele está a procurar Sobreviver.

Que a sua sobrevivência depende dele próprio e dos seus companheiros e de ele alcançar uma irmandade com o Universo.

E nós da Igreja acreditamos que as leis de Deus proíbem ao Homem:

Destruir a sua própria espécie.

Destruir a sanidade de outrem.

Destruir ou escravizar a alma de outrem.

Destruir ou reduzir a sobrevivência dos seus companheiros ou grupo.

E nós da Igreja acreditamos

Que o espírito pode ser salvo.

E que só o espírito pode salvar ou curar o corpo.