A Continuidade de Vida

A CONTINUIDADE DE VIDA

Assediado com pedidos para dar palestras sobre as suas descobertas mais recentes, L. Ron Hubbard respondeu com tudo o que queriam e mais, na Segunda Conferência Anual de Auditores de Dianética. Descrevendo a tecnologia que está por detrás dos passos de autoprocessamento do Manual – aqui estão o como e o porquê de tudo isso: a descoberta da Continuidade de Vida – o mecanismo pelo qual o indivíduo é compelido a continuar a vida de outro indivíduo já morto ou que partiu, gerando no seu próprio corpo as enfermidades e maneirismos daquele que partiu. Combinado com uma instrução para auditores sobre o uso da Carta de Atitudes ao determinar como entrar em cada caso no gradiente apropriado, aqui também estão instruções para a disseminação do Manual, e portanto, os meios para começar um aclaramento em larga escala. Leia Mais

adquira
175€
Quantidade
Língua
Envio Gratuito Atualmente elegível para envio gratuito.
Em Stock
Envio dentro de 24 horas
Formato:
CD
Conferências:
10

MAIS SOBRE A CONTINUIDADE DE VIDA

“Pode provar-se com grande facilidade, que estamos a lidar pela primeira vez na história da matemática ou da física com aquilo que se poderia chamar um verdadeiro estático. Talvez isto seja de grande interesse para um matemático; sem dúvida que é de grande interesse para um físico nuclear, porém é de muito maior interesse para vocês.” – L. Ron Hubbard

À medida que 1951 chegava ao fim, a pesquisa do Sr. Hubbard à mente humana estava a avançar em saltos exponenciais. Após ter isolado os três fatores de caso que fixam a aberração, PENSAMENTO, EMOÇÃO e ESFORÇO, ele tinha desenvolvido o regime de processamento para abordá-los: PROCEDIMENTO AVANÇADO.Com isto, o assunto tinha entrado naquilo a que L. Ron Hubbard chamou um “segundo escalão”, que lidava com os postulados e decisões do indivíduo e não com as mecânicas dos quadros de imagem mental.

Na Fundação de Dianética em Wichita, Kansas, chegavam em avalanche as cartas dos auditores que estavam a aplicar estas novas descobertas, todas contando a mesma história: um aumento significativo no sucesso da audição. Com os resultados na mão, L. Ron Hubbard virou-se para a próxima tarefa: como pôr esta tecnologia amplamente à disposição dos preclears num nível de magnitude totalmente novo. Por outras palavras, como auditar na quantidade necessária para acelerar o aclaramento planetário. Em Dezembro, o seu plano para esta próxima fase estava preparado.

Assim chegou o convite de L. Ron Hubbard, aos auditores de Dianética, para uma conferência em Wichita entre o Natal e o Dia de Ano Novo. Com inscrições a exceder a capacidade das instalações na Fundação, foi feita a reserva da Crystal Room no Hotel Shirkmere em Wichita para esta ocasião. E a 27 de Dezembro, L. Ron Hubbard começou a Segunda Conferência Anual de Auditores Hubbard de Dianética com aquilo que viria a ser o texto da Conferência e o centro do seu plano: o Manual para Preclears, um livro que acompanha Procedimento Avançado e Axiomas, para ser usado em autoprocessamento.

Por detrás da funcionalidade do Manual e entrelaçado em todo o processo estava um fenómeno recentemente descoberto: a Continuidade de Vida, um mecanismo pelo qual um indivíduo continua a vida de outro que morreu, partiu ou fracassou, através de assumir as suas atitudes, doenças e aberrações. A aplicação desta descoberta foi tão notável que a Fundação em breve estava numa grande animação com os milagres diários.

Ademais, para além dos resultados milagrosos que o livro proporcionava, a sua peça central foi outro desenvolvimento histórico aplicável a todo o processamento: a Carta de Atitudes Hubbard, que traçava as atitudes e reações da pessoa à vida, e postulava um Estado Ideal do Homem. Com uma carta de classificação de carácter, era agora possível identificar as Atitudes de uma pessoa e assim encontrar rapidamente a sua posição na Carta Hubbard de Avaliação Humana em Ciência da Sobrevivência.

Finalmente, após detalhar o modo exato de como os auditores podiam disseminar o Manual em grande escala para obter uma aplicação generalizada, o Sr. Hubbard depois deu aos presentes um vislumbre da direção que a sua pesquisa estava agora a tomar. Isto é, tendo encontrado a Continuidade de Vida e a razão por que uma pessoa vive as vidas de outros, ele agora estava a explorar as muitas vidas anteriores na linha do tempo completa – avançar assim para um “terceiro escalão”, que está para além da esfera de um único corpo, uma única vida. Deste modo, este acontecimento fulcral representa a primeira introdução do tema de L. Ron Hubbard que iria abarcar este vasto horizonte novo: Scientology.

Integralmente, então, estas célebres conferências representam nada menos do que a evolução desde o auge do desenvolvimento de Dianética até à aurora de Scientology.