Scientology é uma seita?

SCIENTOLOGY É UMA SEITA?

Não. É uma religião no sentido mais lato da palavra.

“Seita” é um termo que geralmente é usado num sentido depreciativo para insinuar um grupo secreto ou fechado com adesão limitada e crenças misteriosas. Eruditos religiosos salientam que o termo se tornou em algo quase sem significado, uma vez que o seu uso atual reflecte um preconceito crescente contra todas as religiões. Por exemplo, um relatório do governo na Bélgica, rotulou os Judeus Hassídicos e até mesmo o YWCA como “seitas”. O Parlamento francês inclui a Igreja Batista na sua lista.

As religiões que crescem e perduram, fazem-no na medida em que auxiliam as pessoas nas suas vidas espirituais. Para cumprir esta função, as escrituras de Scientology estão totalmente codificadas, amplamente publicadas e disponíveis a qualquer pessoa. Além disso, as suas Igrejas e missões estão sempre abertas ao público.

Scientology é única na medida em que não obriga ninguém a “acreditar” em alguma coisa. Pelo contrário, Scientology afirma que cada indivíduo deve pensar por si mesmo. Em Scientology, o que é verdadeiro para o indivíduo é apenas aquilo que ele tenha observado pessoalmente e saiba que é verdadeiro para si. Scientology não é autoritária, em vez disso apresenta uma tecnologia que uma pessoa pode usar e depois decidir se funciona ou não para si.